Passo a Passo da Nanocristalização Grandha

Como foi comentado no último post, a NANOCRISTALIZAÇÃO GRANDHA é um procedimento revolucionário de alisamento capilar progressivo, pois não faz uso de nenhum ativo agressivo à saúde. NÃO CONTÉM FORMOL, ÁCIDO GLIOXÍLICO, CARBOCISTEÍNA OU GLUTARALDEÍDO.

O ativo usado no procedimento é a sericina, uma proteína encontrada na seda. A NANOCRISTALIZAÇÃO GRANDHA é baseada num sistema de polimerização de nanopartículas de sericina sobrepostas. Isso faz com que a estrutura dos fios, após a ação térmica do secador, fique cristalizada, regularizando a superfície das fibras e potencializando a textura e o brilho dos cabelos.

Da última vez, nós postamos um vídeo com depoimentos de algumas profissionais cabeleireiras que estiveram presentes na pré-estréia do tratamento no Centro Técnico Mart’bel. Pois hoje nós disponibilizamos um vídeo passo a passo com todos os detalhes da aplicação. Confiram o resultado fantástico!

25 respostas em “Passo a Passo da Nanocristalização Grandha

    • Olá Elisiene,

      A nanocristalização trabalha com o conceito de progressive liss conception. Isso significa que o alisamento tem efeito progressivo, ou seja, o efeito é gradativo. Com a lavagem após a primeira aplicação, o produto mantém uma parte do resultado. No entanto, quanto mais aplicações são feitas, mais lisos ficam os cabelos mesmo após as lavagens. A grande diferença é que não há contra-indicações, não é preciso fazer teste de mecha, NÃO CONTÉM formol, glutaraldeído, ácido glioxílico nem carbocisteína.

    • Olá Karla,

      A Nanocristalização tem alto potencial reconstrutor da fibra capilar desde a primeira aplicação, mas se o profissional busca maior redução de volume dos cabelos estará condicionado a uma sequência de 4 ou 5 aplicações, uma vez que a nanocristalização não é uma escova progressiva, mas sim um tratamento de efeito progressivo que tem como um de seus efeitos a redução de volume.

    • Olá Camilla,

      Você pode fazer o procedimento, sim. A NANOCRISTALIZAÇÃO é à base de nanopartículas de sericina e não é, de fato, uma escova progressiva, mas sim um tratamento que tem como um dos resultados o efeito liso progressivo nos fios. A aplicação pode ser feita até com muita freqüência durante qualquer estágio da gravidez.

  1. eu fiz a nanocristalizacao faz 2 mases posso fazer de novo . quanto tempo dura .estou percebendo que ja esta saindo pois ja esta um pouco ressecado. e normal depois que faz cair um pouco de cabelo. depois que eu fiz ficou caindo um pouco mais…….. maiseu amei meus cabelos ficaram lindos e com um brilho maravilhoso quero fazer de novo se puder…..

    • Olá Vivian, não é normal cair cabelos durante o processo, uma vez que a Nanocristalização não é uma escova progressiva e sim um tratamento que tem como um dos resultados o alisamento progressivo dos fios. Considerando isso, você pode realizar a Nanocristalização sem contra-indicações. Nós recomendamos no máximo uma vez por semana (dependendo do caso), pois se você realizar o processo na mesma semana, o Deep Clean Shampoo, por ser um shampoo de profunda limpeza vai “atrapalhar” um pouco o resultado da última aplicação. Portanto, você pode fazer de novo sim. Não há agentes químicos agressivos na Nanocristalização Grandha, você pode aplicar nos intervalos em que preferir (e dependendo de como quer o cabelo: quanto mais você fizer, mais liso ele vai ficar).

    • Olá Rose, a nanocristalização pode ser aplicada no mesmo dia, antes ou depois de relaxamento, independentemente do ativo utilizado. A nanocristalização se utiliza de nanopartículas de sericina e não atua de forma a alterar a estrutura dos fios do mesmo modo como uma alisamento convencional.

  2. Boa tarde…

    Já uso produtos da linha Grandha e gosto muito…Hj ao pesquisar preços par auma nova compra encontrei o kit de Nanocristalização. Quero pedir a minha cabeleireira para que o adquira e use em meu cabelo, mas tenho alguns questionamentos:
    1) Fiz relaxamento nas raízes há 4 meses, não estou certa mas acho qu eo produto era a base de tioglicolato de amônia. Tenho o restante do cabelo com químicas anteriores mas o considero (aparentemente) saudável? Alguma contraindicação?
    2) Posso usar , em vez do Revitamax, usar outros kits, como o Straight System Home Care?
    3) Posso continuar usando o Smooth Cream (adoro!!) e o Curl & Wave Piment nas pontas??
    4) Minha pretensão é apenas relaxar bem o volume da raíz… O kit Nanocristalização já basta ou devo continuar com meu relaxamento de 3 em 3 meses?
    5) O kit deve ser usado em toda a extensão capilar ou pode ser usado só na raíz?? Se for no cabelo todo, dá para qtas aplicações.

    Grata.

    Aguardo retorno

    • Olá Soraia!

      As respostas abaixo são da Verônica do SAC Grandha:

      1) Não, a Nanocristalização é um tratamento à base de Sericina, um aminoácido extraído durante o processo de produção da seda pelo bicho da seda. Não há contra-inidicações.

      2) Sim, não há restrições quanto ao uso de qualquer produto que seja.

      3) Pode sim!

      4) A Nanocristalização não é um alisamento, mas um processo que restaura a fibra capilar interna e externamente, reduzindo o volume de 10 a 20% por aplicação. Mantém alisamentos já existentes por ainda mais tempo.

      5) Podem ser feitas de 1 a 4 aplicações por mês (sempre em toda a extensão dos fios).

    • Olá Claudiane, a Nanocristalização não envolve nenhum ativo alisante, de fato. Não existe um ativo que altera a estrutura química do cabelo, sendo assim, as aplicações podem ser feitas na mesma frequência de uma escova comum, por exemplo. Se quiser saber mais detalhes, sugiro que entre em contato com nosso SAC pelo e-mail sac@grandha.com.br

  3. Meu cabelo está quebradiço.Por motivo de progressivas que usei anteriormente.Parei de fazer progressivas e comecei a usar o tioglicolato mas está quebrando pois meu cabelo é muito fino.Posso fazer uso desse produto?

    • Olá Luciana, um dos motivos pelos quais o formol é proibido é a sua imprevisibilidade.

      O Tioglicolato de Amônio é a melhor opção de transição do formol para ativos legais, seguros e regulamentados pela ANVISA, porém, é preciso uma análise cuidadosa do estado do cabelo para determinar qual força será usada no realinhamento térmico com o tioglicolato.

      POR QUÊ?
      Porque não é possível saber qual é o estado do cabelo sem uma análise técnica, uma vez que o produto com formol foi alterado num fundo de quintal. Ele pode conter 2% de formol, mas também pode conter 35%.

      Além da análise, o teste de mecha é fundamental.

      Ainda nessa semana, gravaremos uma breve nota do Prof. Celso Martins Junior a respeito dessa questão. Fique ligada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s