Fantástico da Rede Globo denuncia o Formol em alisamentos. Veja!

Foi no programa de ontem (29/01/12) que o Fantástico fez uma excelente reportagem sobre o uso criminoso de formol em alisamentos capilares. O formol é tradicionalmente utilizado como conservante, e, na concentração permitida pela Anvisa (0,2%), essa substância não é capaz de alisar os fios. Veja a matéria completa abaixo:

24 respostas em “Fantástico da Rede Globo denuncia o Formol em alisamentos. Veja!

  1. Excelente reportage além de ter grande alcance. O Fantástico deveria continuar investigando salões de beleza e denunciando esta prática tão comum entre os profissionais da beleza que ao meu ver são irresponsáveis e deveriam sofre penas dese a sua suspenção de atividade à cadéia. Também o Fantástico deveria e pode contatar as autoridade responsáveis pelo controle do formol e de seu uso, bem como as autoridade estaduais e municipais. Quem sabe assim, haja maior rigor na lei que restringe o uso fo formol. SERIA DE GRANDE IMPORTÂNCIA SE O FANTÁSTICO VERIFICASSE TAMBÉM, O USO DA “CARBOCISTEÍNA E DO ÁCIDO GLIOXILÍOCO” QUE ESTÃO SENDO USADO PARA ALIZAR CABELOS. ESTES PRODUTOS SÃO SUSPEITOS DA M ESMA FORMA.

  2. Assunto antigo…10 anos já se passaram, quando a atriz Juliana Paes divulgou as vantagens de usar este veneno! nunca mais apareceu em publico informando o seu erro, alisa, mas causa danos a fibra capilar ( ela mesmo é testemunha) e a saúde. ( Câncer )
    Atualmente as mulheres estão viciadas com a droga, e a droga é discriminada por profissionais sérios, entretanto adorada por consumidores, se encontra em qualquer esquina ( como as drogas ) A Anvisa informa a proibição sem condições de fiscalizar; a questão é!
    Impossibilidade de fiscalização ou conivência por interesse de cartéis?
    Sei lá, só me lembro que sozinho no inicio de tudo eu pessoalmente reivindiquei em New York…
    Foi chamado de louco; serei eu o louco? ou não!

  3. Agora fiquei com duvidas ,os produtos de empresas conhecidas,também estão com quantidade maior que o recomendado.O melhor mesmo seria o profissional párar com qualquer tipo de progressiva,o que fazer?

    • Olá Alcione, nenhum alisamento pode conter formol. A quantidade permitida pela ANVISA é de 0,2%, mas nessa concentração o formol não consegue atuar como ativo alisante (ele é usado dessa forma como conservante principalmente em produtos para unhas). Se o produto contiver formol (isso é fácil de descobrir: ardência em olhos, nariz e garganta, fumaça sufocante, etc.) e alisar os cabelos, isso significa CERTAMENTE que há mais do que o permitido de formol no produto e isso acarreta em problemas de saúde, risco de câncer, problemas respiratórios e até de morte, além de ser uma infração séria de uma lei federal.

      Você perguntou se o melhor seria o profissional parar com qualquer tipo de escova progressiva. Sim, o ideal seria isso. Existem muitas outras formas de se obter alisamentos e sem destruir os fios de dentro para fora! Hidróxido de Sódio, Hidróxido de Guanidina, Tioglicolato de Amônio, além do procedimento revolucionário Grandha que é a NANOCRISTALIZAÇÃO.

      Veja a nanocristalização: http://www.youtube.com/watch?v=0O7lB8fTV7Y

      Todos esses procedimentos exigem um pouco mais de conhecimento e técnica do profissional, por isso são por muitas vezes tidos como insuficientes. Isso é um grande erro! Se você tiver dúvidas a respeito desses processos, sugiro que entre em contato com nosso SAC através do e-mail sac@grandha.com.br ou do telefone (11) 4786 4637.

      Em breve publicarei uma série especial de artigos sobre esse tema, ok? Fique ligada!

      Espero ter ajudado!

    • Olá Alcione, na verdade não existe alisamentos com pouco formol, ou com formol que não agride a saúde, ou com formol que não agride os fios, ou outros argumentos mentirosos e falsos como estes. A ANVISA autoriza 0,2% de concentração de formol em alguns produtos (usado como conservante, de forma a evitar possíveis contaminações na fórmula), mas nunca para alisar. Uma quantidade dessas não alisa cabelos de forma alguma, de forma alguma. Se o cabelo é alisado pelo formol, isso significa que tem muito mais formol no produto do que poderia. Formol é um veneno poderosíssimo. Imagine o que ele pode fazer com o corpo ao entrar a corrente sangüínea através do couro cabeludo.

      Em relação à sua segunda dúvida: O profissional deveria para com progressivas? Sim. O profissional deveria parar com progressivas e mostrar a seu cliente que existem muitas outras formas de se obter cabelos lisos, com segurança, saúde e sem infringir a lei. Pode-se encontrar alternativas muito boas no mercado.

      • Não é invenção minha, isto foi verídico.
        Conheço alguém, não direi quem é para não expor sua imagem. A princípio usou o formol como alizante de cabelo. Na primeira vez que usou, sentiu tontura, enjô e dores de cabeça além de irritação no couro cabeludo. Passaram-se os meses e retornou a fazer o mesmo processo, só que desta vez após um relaxamento. Começou a apresentar sintomas de falta de ar dias depois. Um dia quando andava pela cidade, sentiu uma falta de ar acentuada, desmaiou e perdeu os sentidos. Foi hospitalizada, perdeu a fala e ficou sem poder andar por muito tempo. Seu sistema imunológico foi atingido diretamente pelo “Formol” que baixou draticamente suas plaquetas levando-a a um estado de quase morta. Depois de alguns exames os médicos descobriram que ela tinha resquício de formol no organismo. Hoje já reabilitada como por milagre da parte de Deus, não pode nem sentir o cheiro desta miséria o “Formol”. Esta pessoa recebeu conselhos de vários profissionais de seu bairro para que não fizesse denuncia a respeito, pois deixaria muitos profissionais sem trabalhar. Ela ficou de me passar todas as informações em detalhes. Quando receber estarei publicando no meu blog: studiohairbygetuliovisagista.blogspot.com

      • Pois é Getúlio, são muitos os casos de intoxicações gravíssimas em decorrência do uso de formol. Esperamos que as pessoas tenham consciência da gravidade disso agora que saiu no Fantástico. Nossa luta não pára nunca. Continuaremos combatendo isso com ética e profissionalismo. Um grande abraço!

  4. estou começando minha profissao de cabeleireira e nao uso progressiva eu so faço selagem gostaria de saber se contem formol se perigoso para saude. ela arde os olhos e faz fumaça , mas nao alisa o cabelo so reduz o volume.

    • Olá Ângela, se arde os olhos e faz fumaça, então certamente coisa boa não é! Tome cuidado! Além de formol, ácido glioxílico, carbocisteína e outras bases ácidas também são bastante perigosas.

    • Olá Andreia, a Selagem Térmica é um procedimento parecido com a nossa Nanocristalização Grandha, mas por muitas vezes se utiliza de bases ácidas como carbocisteína ou ácido glioxílico. Tome cuidado com esses ativos ácidos, pois deixam o pH dos cabelos muito baixo (em torno de 1 e 2). O perigo neste caso é especialmente se você fizer outro procedimento químico onde as bases são alcalinas. Desta forma, provavelmete haveria um choque muito forte de pH e quebra dos fios.

  5. oi gostaria que o fantastico continuase com essas investigacoes para nos cabeleireiros seriam muito bom que as vezes nao somos enganados e confiamos no que os vendedore falam para nos.

  6. Toda quimica possui riscos, todo alisamento tem quimica que pode ser ruim ao organismo, me parece que a investigação tem um fundo comercial, onde salões prejudicados com oferta de progressiva no mercado estão buscando diminuir a procura por progressiva com formol. Mtas progressivas sem formol usam hidróxido de sódio que arde no couro cabeludo e pode trazer problemas dependendo da pessoa, como questão informativa é bastante util mas as pessoas precisam deixar de ser gados conduzidos por TV´s. Mtas mulheres usam progressiva com formol por 10 anos e não possuem nenhum problema.

    • Olá Ricardo, todo alisamento tem química uma vez que precisa alterar a estrutura do fio, correto. Porém, a investigação tem de tudo, menos fundo comercial. Não existe nenhum cartel contra formol, muito pelo contrário, o que existe é cartel do formol. Este é um mercado negro que rende milhões e milhões na obscuridade, além de muitos danos a cabeleireiros e consumidores que são absurdamente enganados.

      Alisamentos à base de Hidróxido de Sódio são permitidos pela Anvisa pois não fazem mal à saúde. Se você entrar em nosso site, poderá constatar que existe um produto Grandha chamado Scalp Protector, utilizado para proteger o couro de qualquer dano ou mesmo das menores ardências. Seu argumento me parece um pouco tendencioso. O sódio pode trazer problema (como qualquer química regulamentada) se aplicado de forma errada! Existe um perfil certo de cabelo para o sódio, existem muitos detalhes na aplicação e o profissional precisa estar muito consciente e preparado para isso.

      O uso de formol em escovas progressivas é comprovada e altamente prejudicial à saúde, além de que seu uso é crime federal.

    • Concordo com você que há uma dramatização, o problema que existem profissionais que não usam o formol e acabam sendo prejudicados. O fantástico está certo na pesquisa mas deveria mostrar os métodos corretos porque acabam por amedrontar as pessoas e por fim acabam prejudicando quem nao tem nada a ver

      • Se há uma dramatização, qual seria o motivo? “Salões prejudicados com a oferta de progressiva no mercado”? É justamente a maioria dos salões que sustenta essa indústria. Carlos, se você não trabalha com formol, te parabenizo e afirmo que essa matéria só pode ser benéfica pra você.

  7. GENTE A COISA E PIOR QUANDO IRRITA O COURO CABELUDO E A CLIENTE ATE DIZ QUE JA SE ACOSTUMOU COM O ARDOR ,NA VERDADE E ASSIM QUE ELA COMEÇA A PERDER
    PARTE DO COURO CABELUDO E JUNTO VAO OS CABELOS ,LISOS?

    • Olá José, esse realmente é um dos problemas, mas te lembro que nosso projeto não para por aqui. Ainda temos mais por vir. Essas e outras dúvidas ainda serão esclarecidas. O importante é que mantenhamos esse debate em aberto. Essa questão é realmente muito importante.

      • Gostaria se possível do número do telefone para fazer denúncia de um salão que faz uso de formol estou em Rio de Janeiro. Desde já obrigada.

      • Olá Lilian, para fazer a denúncia, o mais indicado é que você entre em contato com a ANVISA-Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O telefone é 0800-642-9782.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s