Laudo de uso de Petrolato no Vector Force Conditioner Grandha

Nos últimos dias, o leitor Gerson entrou em contato conosco a respeito de uma questão bastante interessante: o uso de parafina líquida (Paraffinum Liquidum – Mineral Oil), um petrolato, no Vector Force Conditioner.

Pois bem, o que se comenta no mercado é que petrolatos são nocivos à fibra do cabelo e muitas outras coisas.

Eu, Diego M. Martins, em nome do Diretor Técnico da Grandha e da Associação Brasileira de Cosmetologia, Celso Martins Jr. e de todo o Grupo Mart’bel, afirmo aqui que isto é uma lenda. Petrolato como o nosso, o qual possui laudo, não prejudica de forma alguma os cabelos. Se prejudicasse, jamais o usaríamos. Não mancharíamos nossa reputação por conta de um componente de um produto.

Clique aqui para abrir o Laudo Químico em PDF

Essa estória dos petrolatos vem do mesmo lugar que aquela do xampu com sal e do xampu sem sal. São boatos infundados e inexplicáveis, pessoal. Alguém disse, alguém ouviu e ninguém se perguntou o porquê.

Acho construtiva essa troca de informações porque é importante esclarecer bem essas questões. Reafirmo que isto é uma lenda e que se houver argumentos científicos válidos que comprovem o contrário, estaremos abertos a discussões.

4 respostas em “Laudo de uso de Petrolato no Vector Force Conditioner Grandha

  1. por isso continuo a ultilizar produtos da marca grandha, confio muito no trabalho do resposavel tecnico celso martins junior, recomendo todos os produtos e no meu salao os clientes estao satisfeitos com a marca, parabens diego e familia que levam a serio os produtos quimicos que colocamos nos cabelos e couro cabeludo dos clientes, abraço alexandre daltio do proprietario do salao M.A ESTETIC & HAIR em sao caetano do sul-sp

  2. Olá; O laudo não me convenceu não. Lá, o que li só se refere aos perigos do uso dos Hidrocarbonetos… Para mim, que não sou química, esse documento só me deixou mais receosa em usar produtos q contenham petrolatos. Gostaria que fosse mais bem explicado o seguinte:
    QUAL A FINALIDADE DO PETROLATO NOS PRODUTOS DE BELEZA?
    QUAL A QUANTIDADE SEGURA DE PETROLATO PODE SER ADICIONADA AOS PRODUTOS DE BELEZA, QUE NÃO PONHA EM RISCO A SAÚDE E O MEIO AMBIENTE?

    Essas informações são mais esclarecedoras do que este laudo que só comprova o que a LENDA diz… Desculpe, mas ao meu ver, isso não pode ser considerada uma lenda, pois dessa forma poderíamos considerar o mal do formol também uma lenda, uma vez que muitos produtos se utilizam do formol como conservante, em baixa quantidade, assim não causando dano à saúde (dizem).

    Estou usando a linha Grandha Vector Force e estou gostando, porém também sou usuária da linha Deva e sinto-me preocupada com essa informação, uma vez que desde que aboli produtos com petrolatos meus cabelos passaram a responder muito melhor. Uso Grandha a apenas 2 semanas, e por enquanto estou satisfeita, mas a longo prazo não sei como os fios vão se comportar.

    Obrigada pela atenção e dou parabéns a toda equipe pelo trabalho e consideração com todos!

    • Olá Daniela,

      O petrolato é um hidrocarboneto que é usado especialmente para contribuir com a viscosidade e potencial lubrificante do produto, diminuindo a tensão superficial entre o mesmo e o cabelo.

      O laudo que disponibilizei anteriormente, atesta a qualidade da matéria-prima, que na realidade, é o diferencial dentre os produtos que a utilizam.

      Nossos produtos sequer poderiam apresentar alguma irregularidade, porque exportamos para Portugal e Itália. Os órgãos de inspeção sanitária são muito mais rigorosos e sérios, ao contrário dos nossos. Os produtos Grandha são orgulhosamente condizentes com as leis que prezam pela saúde dos consumidores e do meio-ambiente.

      Em resposta à outra questão, petrolato é uma matéria-prima de uso bastante comum e não possui limite de uso, porém é geralmente utilizado em concentrações que variam de 1 a 3%.

      Em relação à lenda, o argumento é um pouco equivocado. A comparação entre o formol e petrolato é totalmente inválida.

      1) Por comprovação científica, baseada em testes e experimentos internacionalmente reconhecidos pela comunidade estudiosa do assunto, o formol foi apontado como produto altamente cancerígeno, além de causar uma série de irritações profundas nas mucosas e agravar casos de bronquite e afins.

      2) A lenda – sim, lenda – de que petrolato causa câncer surgiu a partir de uma biopsia de um tumor de uma mulher com câncer de mama, no qual foi encontrada uma pequena quantidade de petrolato. Isso não prova absolutamente nada. Esse caso aconteceu há 6 anos e, desde então, ninguém conseguiu apresentar quaisquer evidências de que o petrolato é cancerígeno.

      Mais de 70% de qualquer tumor é composto de água. Isso significa que tomar água causa câncer? Não existe evidência científica para provar que sim.

      Fico feliz que esteja gostando do nosso kit. A longo prazo, pode ser que por um motivo ou outro você prefira usar outros produtos. Você tem suas razões, como qualquer consumidora. Isso é perfeitamente natural. Mas tenha certeza de que nossos produtos não fazem mal aos cabelos, ou à saúde, ou ao meio-ambiente, ou ao que quer que seja.

      Espero ter esclarecido suas dúvidas, Daniela. Obrigado por levantar esse ponto.

      Diego M. Martins

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s