Como substituir o formol, após anos de uso, por um alisamento seguro e efetivo?

Há poucos dias, recebemos uma dúvida de uma leitora do Grandha News sobre como trocar o formol por um alisamento seguro e confiável. Pois bem, vamos lá!

A pergunta foi a seguinte:

“Fiz progressiva com formol por 7 anos (a cada 6 meses) e agora experimentei o ácido glioxílico. Meu cabelo é fino e gosto da raiz lisa com as pontas onduladas. Qual produto posso usar sem medo para obter o mesmo resultado?

PS: Noto uma forte queda nos últimos meses!”

Bom, pelas informações passadas pela leitora, sabemos que ela realizou entre 10 e 15 aplicações de formol num – longo – período de 7 anos! Depois de tudo isso, alguém a orientou a trocar o formol pelo ácido glioxílico. Péssimo conselho!

Existem ótimas alternativas seguras e regulamentadas para alisamentos capilares, como explica o Diretor Técnico da Grandha e da Associação Brasileira de Cosmetologia, Prof. Celso Martins Junior:


“Para atingir os efeitos desejados pela leitora, é aconselhável substituir a aplicação atual pelo Tioglicolato de Amônio – em força média ou suave –, já que o cabelo está fortemente sensibilizado.

É extremamente importante procurar um bom e confiável profissional cabeleireiro e NÃO REAPLICAR EM HIPÓTESE ALGUMA produtos com ÁCIDO GLIOXÍLICO, CARBOCISTEÍNA, FORMOL OU GLUTARALDEÍDO.

Será necessário investir em tratamentos profissionais de alta ação reparadora e reconstrutora dos fios, assim como numa linha de manutenção adequada para cabelos alisados.


O trabalho de recuperação da fibra capilar, num caso específico como esse, leva em torno de 2 a 3 meses para atingir uma recuperação bastante significativa.

Em caso de maiores dúvidas, contate-nos através do e-mail sac@grandha.com.br.

Bom feriado a todos!


10 respostas em “Como substituir o formol, após anos de uso, por um alisamento seguro e efetivo?

  1. Li a matéria acima e pelo conhecimento técnico e pelos testes que já fiz em cabelos de algumas pessoas que utilizaram o formol e o ácido glioxílico quando utilizado os ativos alisantes conhecidos, com o tiol e os hidróxidos , há uma sensibilização significativa dos fios e muitas vezes pode ocorrer quebra na parte que faz a divisão entre o natural e o sensibilizado, é preciso salientar a consumidora acima que os alisantes convencionais como o citado só deverá ser utilizado na parte natural dos fios, pois muitos profissionais ou consumidores desconhecem a incompatibilidade dos ativos citados.

    Grata

    • Obrigado pelo comentário pertinente, Juliana.

      No que concerne ao tioglicolato de amônio da Grandha, podemos dizer que procedemos da seguinte maneira:

      – Mesmo na parte do fio onde foi aplicado o formol, aplicamos o tioglicolato de força suave, sendo que geralmente não ocorre quebra. No entanto, a única maneira de contestar essa possibilidade é realizando SEMPRE O TESTE DE MECHA. Salientamos que nenhum procedimento alisante pode ser efetuado sem antes ter obtido resultados satisfatórios no teste de mecha;

      Com os devidos tratamentos de reestruturação da fibra capilar, tais como a Carga de Queratina da Grandha, é possível aumentar a potência do alisante gradualmente;

      – Porém, como você deixa trasparecer em seu comentário, essa análise geral das condições do cabelo é muito complexa. Por esse motivo, salientamos também que esse diagnóstico precisa ser realizado por um profissional cabeleireiro de confiança.

      – Quanto à compatibilidade de ativos: o formol não é compatível com absolutamente nada e é altamente destrutivo a médio e longo prazo.

      Espero ter esclarecido a questão, Juliana. Continue visitando o Grandha News!

  2. Olá dou luzes no cabelo e uso um redutor de volume que é a base de caborcisteina a 1 ano mas percebi que meu cabelo so esta partido na parte a parte das luzes estão muito finas e optei por este pq deixa meus cabelos cacheados e ao mesmo tempo dar para fazer uma escova e fica bom também, por favor me ajude uso alguns produtos da grandha e gostaria de saber por qual quimica posso trocar ja que so quero dar uma amaciada nos fios o formol deixou meus cabelos muito fino e o carbocisteina também, me ajude!

    Arly- Feira de Santana-Ba

    • Olá Arly, o que acontece no seu cabelo é que o uso contínuo de formol desgastou excessivamente a cutícula (parte externa) e também o córtex (parte interna) dos fios. O seu cabelo parece mais fino porque realmente está mais fino. Ele perdeu massa. A carbocisteína é uma base de pH muito baixo (base ácida), o que certamente não contribui para a realização de outros procedimentos tais como as luzes, uma vez que o pH muito baixo acaba dilatando demais os fios, deixando-os vulneráveis.

      Não podemos afirmar aqui, sem uma análise detalhada e pessoal do seu cabelo, qual seria a melhor forma de recuperá-lo e, posteriormente, proporcionar o resultado que você procura (um alisamento brando, suave).

      A Nanocristalização Grandha é a melhor opção para realizar essa transição do formol – ativo ilegal para um ativo regulamentado, mas reafirmo que é necessária uma análise cuidadosa do estado dos seus cabelos.

      Ainda nessa semana, gravaremos um vídeo com o Prof. Celso Martins Junior a respeito de como substituir ativos ilegais, como o formol, por ativos legais e seguros como os hidróxidos e o tioglicolato.

  3. Diego, li sua resposta sobre a dúvida da consumidora acima e gostaria de ser avisada qd o vídeo com o prof. Celso ficar disponível.

    Gostaria de tirar ou dúvida se possível: como age a Nanocristalização nos fios e qual o ativo reconstrutor existente?? Como ela irá protejer o cabelo da existência da degradação da fibra capilar causada pelo Formol??

    agradeço desde já

    Att

    Juliana Almeida

    • Olá Juliana, subscreva-se no blog e/ou curta nossa página no facebook. Dessa forma você receberá as atualizações automaticamente, ok?

      Entendi sua dúvida, vou colocar na pauta do vídeo também!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s